29 de abril de 2022

A simbologia em O mundo de Yang

Não é novidade pra ninguém que já leu algum livro da série O mundo de Yang que ela é recheada de referências e simbologias sobre a cultura oriental, entre outras coisas.

A proposta nunca foi ser um “manual” para ensinar isso ou aquilo, mas usar parte dessa conteúdo como "gatilho" para ilustrar pensamentos e  reflexões que fazem parte da história. Uma espécie de metáfora que que ajuda a expressar o raciocínio do que está sendo dito.

Desde a última edição, O mundo de Yang - Dois Cortes, eu resolvi escancarar um pouco mais isso e compartilhar com o leitor algumas curiosidades sobre a história que ele acabou de ler e sobre a série.

A seção “Reverberações” serve exatamente para isso, comento um pouco de como a história surgiu, os caminhos que ela tomou, elementos que aparecem e porque estão ali. Um deles são as “facas gêmeas” PA CHAN TOU. Desenho o Yang com elas desde o início, mas é a primeira vez que elas aparecem em uma história. São armas características com um estilo de kung fu chamado Wing Chun. Esse estilo tem raiz budista, além do uso como ferramenta de luta, a simbologia que elas representam acabam contribuindo bastante com a evolução do Yang na história.

Tem também o novo personagem, mestre Tay. A aparição dele é bem curiosa também e o visual é inspirado no “Tay” daqui de casa rsrsrs

Já estamos preparando mais curiosidades para o próximo número. Aguarde.

Conheça a série O mundo de Yang. Os livros você encontra em:

www.lojaorlandeli.com.br

www.amazon.com.br

www.comix.com.br

16 de fevereiro de 2022

Tirinhas do Yang – 05

24 de novembro de 2021

Semana Black Friday

Começa nesta quinta-feira, dia 25, a nossa Semana Black Friday.

A ideia era criar uma oportunidade única para quem acompanha nosso trabalho e deseja completar a coleção ou presentear alguém. Algo realmente diferenciado. Todo mundo sabe que não é nada fácil para quem trabalha com produção autoral e independente conseguir entrar no esquema de graaaandes ofertas, mas a gente dá um jeito. Fizemos um malabarismo aqui e vamos dar 50% de desconto em alguns títulos entre os dias 25 e 28 de novembro. Para fechar a conta precisamos criar algumas condições:

- O desconto especial será em UM TÍTULO por dia. Durante 24 horas esse título estará na loja com 50% OFF. Dá uma olhada na imagem da postagem e veja quando cada dia estará em oferta.

- ESTOQUE LIMITADO. Disponibilizaremos um número específico de exemplares com esse desconto (30 exemplares de cada título - TOTAL de 120 exemplares), se esgotar antes do prazo o valor do livro volta ao preço normal da loja. Portanto, FIQUE ATENTO!

Resumindo, a oportunidade está dada, mas tem que correr para aproveitar. Se quiser aproveitar para dar de presente e pedir dedicatória, só avisar no campo de observações que o livro irá autografado pelo ORLANDELI. (claro, a dedicatória pode ser em seu nome também :))

Mais uma coisa. A promoção de FRETE GRÁTIS continua valendo mesmo para os livros da Black Friday, ou seja, se levar mais qualquer outro título da loja, o envio é por nossa conta.

Então é isso. Começa amanhã, quinta-feira dia 25/11, com o livro Os olhos de Barthô, livro finalista no Prêmio Jabuti de 2020. Acesse a loja www.lojaorlandeli.com.br e boas compras.

3 de agosto de 2021

Tirinha do Yang – 04

27 de julho de 2021

Tirinhas do Yang – 03

22 de julho de 2021

Tirinhas do Yang – 02

20 de julho de 2021

Tirinhas do Yang – 01

20 de julho de 2021

Tirinhas do O Mundo de Yang

O Mundo de Yang ficou um pouco maior. Agora, além das aventuras cheias de humor e reflexão dos livros da série, você também poderá acompanhar a jornada do garoto Yang no formato tiras. O material será publicado aqui no blog e nas redes sociais (insta, face, twitter @orlandeli). Toda semana vai ter tira nova.

Quem acompanha o Yang desde o começo sabe que o primeiro livro é formado por várias narrativas curtas. Isso porque originalmente a série era publicada semanalmente nas páginas do jornal Diário da Região. A junção dessas narrativas formam uma história maior.

Com o fim da publicação no jornal, não existia mais a obrigação de estruturar a história em várias tiras. Apesar da narrativa fluir de forma muito bacana, perdia-se vários recursos narrativos que poderiam deixar a história mais interessante. Por isso, já no segundo livro, Rumo ao Sul, a história “Dia Ruim” inaugurou a fase narrativa utilizando as páginas de forma livre. Isso acabou valorizando bastante o aspecto gráfico, com desenhos de página inteira, duplas e demais recursos utilizados nos quadrinhos.

Agora voltamos com as tiras. Diferente da complexidade que existia nas narrativas curtas do início da série, essas buscam uma linguagem mais direta. Diálogos curtos, uma boa dose de humor e, claro, mergulhando em algumas reflexões que permeiam esse mundo e seus personagens. Perfeitas para serem compartilhadas nas redes sociais e encaminhar aos amigos.

Os livros continuarão trazendo as narrativas mais longas, sendo o espaço ideal para ir um pouco mais fundo na história, trazendo narrativas e questionamentos mais complexos, que sempre ficam mais leves e engraçados com a presença do teimoso e inquieto Yang.

Acompanhem as tiras, colecionem os livros e mergulhem no universo do O Mundo de Yang.

O terceiro livro, Dois Cortes, está em campanha no catarse www.catarse.me/yang3 e também pode ser adquirido na nossa loja.

21 de maio de 2021

Vários Yangs pipocando por aí

O terceiro livro da série "O mundo de Yang" deve chegar no início do segundo semestre de 2021. Para celebrar a notícia fiz uma ação no meu perfil do Instagram (@orlandeli) onde convidei os seguidores a fazerem sua própria versão do Yang. Para deixar a coisa ainda mais interessante, todos que participassem usando a hashtag #desenhandoyang3 estariam concorrendo ao sorteio de um kit com os dois primeiros livros, adesivo, imã de geladeira e bloco de notas do O mundo de Yang.

Além do sorteio fizemos também um concurso para premiar as três artes que mais se destacaram.

Chegaram muitas versões do Yang, uma mais diferente e criativa que a outra. De todas as artes publicadas com a hashtag foram selecionadas nove finalistas.

A escolha foi bem difícil, cada arte tinha sua própria particularidade. Uma se destacava mais pelo grafismo, outra pelo traço... Tudo foi levado em conta. Os trabalhos receberam notas de grandes profissionais da área. Além de mim, os jurados foram: Sidney Gusman, Vitor Cafaggi, Eduardo Ferigato, Daniel Brandão, Lu Cafaggi e Camilo Solano.

No final somamos todos os pontos e chegamos ao resultado. Confira!

Meu muito obrigado a todos que participaram. Foi demais ver esse monte de Yang pipocando nas telas. Quem quiser ver todas as artes é só entrar no instagram e fazer uma busca pela hashtag #desenhandoyang3.

Aproveita e me segue por lá também! @orlandeli :)